Um currículo infantil de gente grande - Colégio Parthenon

Um currículo infantil de gente grande

Ler para poder crescer
1 de novembro de 2018
Meu filho está indo para o 2º ano, quantas dúvidas, angústias…
8 de novembro de 2018

A Educação Infantil é lugar de um currículo que emerge da vida, dos encontros entre as crianças, seus colegas, os adultos e os percursos do mundo.

Falar sobre o currículo da escola, em especial sobre o currículo da Educação Infantil, é explicitar a concepção que temos sobre criança, infância, ensino e aprendizagem. É traduzir aquilo que acontece nas entrelinhas de uma história diária vivida por muitos meninos e meninas dentro de um espaço cheio de vida, que pulsa forte e que segue o curso das relações que se estabelecem entre os envolvidos.

Sim! Estas são evidências de cenas do cotidiano quando o currículo acontece e está continuamente em ação! Tudo o que a criança faz dentro de nosso espaço, nós consideramos como currículo e, nele, há um lugar privilegiado para a ludicidade e para a brincadeira, pois sabemos que as crianças criam conhecimentos quando brincam, seja sozinhas, seja quando interagem com outras crianças – da mesma idade, maiores ou menores – em grupos, ou com os adultos. Nesse contexto, a criança é considerada por nós como um sujeito potente e de direitos, que constrói sua própria identidade nas inúmeras experiências do cotidiano. Ela brinca, imagina, fantasia, deseja, aprende, observa, experimenta, narra, questiona e edifica sentidos sobre a vida!

Como o currículo se organiza?

O currículo é o lugar no qual explicitamos nossas intenções educativas e tem como base a articulação dos princípios da instituição. Há uma organização explícita, ou seja, onde os objetivos são declarados considerando os conhecimentos sobre a Linguagem oral e escrita; a Matemática; sobre o cuidado e o desenvolvimento da autonomia; sobre as Ciências Humanas e a Natureza; as Artes; sobre o corpo, os gestos e os movimentos, mas também reflete o que está oculto, conforme citamos acima nos exemplos das ações do dia a dia. Pensar o currículo hoje nos impõe muitos desafios. Da equipe de educadores, há muita paixão pelo ato de ensinar, muito envolvimento, coerência e conhecimento sobre o conteúdo e sobre as características específicas das faixas etárias em que atuam. Da instituição, garantimos que as crianças sejam respeitadas em sua plenitude e oportunizamos que, dentro de nosso espaço, seja garantida a elas uma infância repleta de experiências ricas e diversificadas. E, assim, seguimos tecendo a nossa história! Com boas doses de cuidado, olhar individualizado e pequenas atividades cotidianas, fundamentamos o nosso currículo!

Por Luciana Sbampato, Edilaine Balbino e Adriana Biasotto