A importância que damos à base: a Reforma do Ensino Médio chegou antes ao Parthenon

A importância da Base Nacional Comum Curricular
13 de março de 2019
Lição de casa? Propor ou não propor? Eis a questão…
17 de abril de 2019

Fotos do artigo escrito pelo coordenador do Ensino Médio do Parthenon na Folha de S.Paulo

A missão do Colégio Parthenon é ser um espaço de formação e acolhimento, comprometido com o ingresso de alunos e alunas no mundo do conhecimento e do trabalho, além da formação de cidadãos íntegros e conscientes de suas responsabilidades sociais e ambientais.

Dessa forma, a BNCC corrobora uma prática que está em nosso “DNA” e que vem sendo aprimorada, ano após ano, com o desenvolvimento de projetos inovadores, valorização dos profissionais docentes e não docentes, investimento na formação continuada, diálogo com as famílias e outras ações que visam a formação integral dos alunos e alunas desde o ingresso na educação infantil até a saída do Ensino Médio.

O trabalho com os campos de experiências na Educação Infantil, que estão presentes no documento da BNCC para essa fase da escolaridade, orienta a prática pedagógica nesse segmento há pelo menos uma década. A preocupação com a formação de repertório cultural das crianças se manifesta não apenas nas aulas de Artes, mas também pelo convívio cotidiano com centenas de reproduções de artistas consagrados, distribuídas por todo espaço escolar e até mesmo pelo sinal que marca a transição de uma aula para outra, que foi substituído por músicas clássicas e canções populares.

O Projeto Debates e Polêmicas, desenvolvido pelos alunos e alunas do Ensino Médio, constitui momento privilegiado para o exercício da argumentação e para tomada de decisões com base em princípios éticos, democráticos, inclusivos, sustentáveis e solidários. Fotos do artigo escrito pelo coordenador do Ensino Médio do Parthenon na Folha de S.Paulo

Em 2018, demos início à Empresa Júnior do Colégio Parthenon que tem como objetivo criar condições para que os alunos do Ensino Fundamental II e Médio exerçam o protagonismo juvenil e simulem condições de um ambiente corporativo, preparando-os para os desafios do mundo do trabalho e auxiliando-os na definição de seus projetos de vida.

A aprovação da BNCC e a futura Reforma do Ensino Médio certamente trarão muitas mudanças para a educação em geral e para o Parthenon, em particular. Mas elas nos colocam exatamente no lugar onde trabalhamos para estar: a vanguarda. E contribui para sermos aquilo que desejamos ser: uma referência de educação de qualidade.

Eduardo de Oliveira, coordenador do Ensino Médio