G1 – 9ºC – Problemas que a Internet Causa na Sociedade

239

O que fazer em relação às fake news? Como se prevenir? E sobre o Coronavírus, o que fazer?

Um dos assuntos mais importantes atualmente é sobre o Coronavírus. Muitas informações em diversos meios comunicativos, como por exemplo: redes sociais, sites, se espalham cada vez mais para as pessoas. Algumas dessas notícias podem ser falsas (Fake news) e prejudicam a população. Diante disso, nosso grupo escolheu abordar esse tema, criando um manual on-line e um quiz.    

O contexto no qual vivemos neste ano está bastante confuso. Ações habituais e cotidianas, às quais estávamos habituados, mudaram drasticamente no decorrer deste ano por causa da Covid-19, que desestabilizou a vida de todos. Esta doença é um vírus proveniente da China, que possui facilidade em se espalhar. Devido às notícias, o desespero entre as pessoas está evidente e muitas não percebem quando estão consumindo as “fake news” neste contexto mundial. Mas enfim, o que são?

As fake news são notícias falsas que têm o objetivo de manchar a imagem de uma pessoa, ou confundir a pessoa que está lendo sobre algum assunto, reforçando uma ideia falsa,  e também de disseminar ódio na internet. Elas normalmente são compartilhadas em redes sociais, podem ser espalhadas por robôs que são programados para fazer isso, mas a maioria das notícias falsas são compartilhadas em sites e por aplicativos de mensagem, quando uma pessoa compartilha alguma informação ou fato, achando que a notícia é verdadeira.

Neste momento de pandemia que nós estamos vivendo, as fake news aumentaram muito mais. Isso causou uma preocupação muito grande para a OMS (Organização Mundial da Saúde), pois esse aumento pode deixar muitas pessoas confusas em questões do vírus. Um exemplo desse tipo de notícias falsas são as pessoas que publicam “curas para o vírus”. Todos sabemos que ainda não há cura, mas algumas pessoas acabam acreditando nesse tipo de notícias e espalham para conhecidos. Para isso ser evitado é necessário sempre checar se o site é de alguma fonte confiável e se essa notícia é válida.

Para que você possa se prevenir das Fake news siga as dicas abaixo: 

Conferir o site da notícia é importante antes de tirar qualquer conclusão sobre uma notícia. Confira o site em que ela foi publicada, pesquise sobre o site.

Dê preferência a portais com credibilidade, como sites de órgãos confiáveis. Em relação ao Coronavírus, utilize sites como a OMS (Organização Mundial da Saúde), sites de saúde do governo brasileiro e outros.

Leia o artigo inteiro. Infelizmente, muita gente não se dá o trabalho de ler o artigo para saber se ele é verdadeiro ou não. No geral, você encontra pessoas que olham o título da notícia falsa e começam a comentar e compartilhar sobre o assunto.

Pesquise a notícia na internet, se a notícia é verdadeira você a encontrará em vários sites e portais importantes e conseguirá separar o que são fake news do que é real.

Comparar a notícia lida com outras notícias disponibilizadas na internet, pois quando a notícia não é verdadeira não contém a data e nem a assinatura do autor da notícia. Observe a ordem dos fatos apresentados e pesquise sobre eles.

Confira a fonte caso a notícia seja verdadeira, sempre haverá uma fonte, seja um link te levando para outro site ou uma entrevista realizada com alguém envolvido na matéria. 

Veja se há erros gramaticais. A falta de compromisso com a gramática é um dos principais sinais para identificar se é uma fake news.

Desconfie de posicionamentos radicais. Os verdadeiros trazem pelo menos dois pontos de vista.  Fake news costumam ser acirradas na defesa de apenas um lado da questão, sem ouvir o outro.

Confira a data da notícia, pois você ou um algum amigo seu pode compartilhar uma informação achando que é atual mas é “antiga”.

Se outros meios de comunicação não deram a mesma informação, ela pode ser falsa hoje, dificilmente um veículo consegue reter uma notícia como exclusiva por muito tempo.

Não acredite imediatamente em fatos ou informações transmitidas por amigos, familiares e entre outras pessoas. Sempre pesquise sobre o assunto para não se confundir. Muitas dessas notícias podem ser compartilhadas em grupos do Whatsapp, por exemplo.

Tome cuidado com o sensacionalismo, as Fake news tendem a conter palavras ou frases que despertam emoções ou mexem com as crenças das pessoas, atingindo um maior potencial de divulgação e compartilhamento nas redes sociais.

Sites confiáveis para ver se é verdadeira ou falsa a notícia:

Fake News
G1 Fato ou Fake – O serviço de checagem de fatos do Grupo Globo
Aos Fatos | Valorize o que é real 
Projeto Comprova: Home
Detector de Fake News
Sobre a doença
ONU Brasil
Estadão | As Últimas Notícias do Brasil e do Mundo
Folha de S.Paulo: Notícias, Imagens, Vídeos e Entrevistas

Nosso grupo fez um quiz para relacionar as questões sobre as fakes news. Clique no link para acessar:
https://pt.quizur.com/trivia/fake-news-sobre-o-coronavirus-A35J

Link do Instagram:
@combate_a_fake_news_

Integrantes:
Giovanna Tredici Francisco
Livia Dias Caldas
Pedro Henrique Fadim Alves
Thales Lovatel
Victoria Camilly da Silva Barbosa