Horta do Bem

87

Integrantes:
Júlia Caldas
Júlia Navilli
Giovanna Luize
Guilherme Céspede
Lucca Destro
Luiz Guilherme Cortez

 

Como fazer uma horta reciclando garrafa PET?

Materiais:
Garrafas PET de 2 litros (no mínimo 3)
– Aproximadamente 3 metros de corda
– Terra
– Sementes ou mudas de determinado alimento.
– Areia

Como Fazer a Horta:
– Faça uma abertura retangular e horizontal centralizada nas garrafas PET (largura de 17cm e comprimento de 6,5cm);
– Considerando que as garrafas estarão na horizontal, fure suas 4 extremidades, tanto a parte superior quanto inferior. Use como base o diâmetro um pouco maior que o da corda;
– Passe a corda pelos 4 furos das extremidades da garrafa e dê um nó para estabilizá-la, deixe um espaço de aproximadamente 20 cm e repita o procedimento com as próximas garrafas. Assim a estrutura da sua horta estará montada;
– Faça mais 3 furos pequenos (diâmetro aproximado de um lápis) embaixo da garrafa, para que a água escorra. Não se esqueça que a última garrafa não poderá conter furos embaixo, pois será um coletor de água;
– Coloque a terra na(s) garrafa(s) centrais da horta, lembrando sempre de que a primeira garrafa será um regador e a última será um coletor de água;
– Faça furinhos na terra e coloque as sementes (entre elas dê uma distância de no mínimo 8 cm);
– Não deixe de regar e expor sua horta ao sol todos os dias.

Extrato para combater pragas e insetos da horta

 

Ingredientes
2 colheres de sopa de óleo de Nim
– 4 flores de Crisântemo (despetaladas)
– 2 colheres de sopa de óleo Melaleuca
– 200 ml de água
– 300 ml de álcool (sem perfume)

Preparação
Despetale os Crisântemos e coloque-os de molho em 300 ml de álcool por 4 dias, depois coe, retirando as pétalas;
– Ao líquido, acrescente as 2 colheres de sopa de Nim e Melaleuca, agitando bem;
– Por fim, coloque os 200ml de água;
– Não se esqueça de agitar antes de usar!

Dicas
Você também pode adubar a sua horta utilizando 1 colher de sopa de  borra de café para cada 1 litro de água, misture e deixe de molho por 4 dias. Depois é só aplicar na planta 1 vez por semana!

Você Sabia?
1 – Você sabia que os agrotóxicos foram desenvolvidos em meados do século XIX. Porém, suas propriedades para acabar com as pragas só foram descobertas no século XX.  Eles passaram a ser utilizadas na agricultura visto o resultado que causavam em pragas, insetos e plantas chamadas de “daninhas”.

2 – Os agrotóxicos foram criados para serem utilizados como arma química durante a Segunda Guerra.

3 – Você sabia que durante a segunda guerra mundial, os agrotóxicos foram utilizados como armas química, portanto fica claro o quanto podem ser prejudiciais à saúde!

4 – Você sabia que existe uma planta chamada Nim que além de utilizado como alimento em algumas regiões do mundo, é usado, principalmente, como planta medicinal e ainda se pode fazer um extrato desta planta para combater pragas de uma maneira natural e que não afete o solo, evitando assim o uso de agrotóxicos.

5 – Você sabia que o uso dos agrotóxicos poluem diretamente o solo, as águas e ainda podem causar estragos irreversíveis para o meio ambiente. Isso acaba fazendo o desequilíbrio dos ecossistemas, seja da fauna ou da flora.

6 – Você sabia que os agrotóxicos podem criar várias doenças como: Câncer, problemas neurológicos e cognitivos, aborto e má  formação do feto?

7 – Você sabia que o Crisântemo além de ser uma bela flor que adorna os jardins e casas, possui uma utilidade, devido a uma substância contida nele, chamada piretrina, que lhe confere a propriedade de repelir mosquitos, baratas e moscas. Quando plantada no jardim, esta planta ajuda a evitar picadas e afasta os insetos. Além disso, o Crisântemo tem propriedades medicinais.

https://www.todamateria.com.br/agrotoxicos

https://www.cpt.com.br/cursos-agricultura/artigos/nim-beneficios-exigencias-climaticas-tipo-de-solo-toxidade-e-temperatura-ideal-de-cultivo/

https://www.greenme.com.br/morar/horta-e-jardim/7153-crisantemo-beneficios-significados-cultivo